Dominio: clubedasviagens.com.br
Chave: 4b43d379de8f2ae515b603cff17d7a09507c5535
Hora do cache: 1503042077
Vida do cache: 1503085277
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: da84e8d564e09024481a6038e3c9186f10ffe56e
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top

Destinos Nacionais

O que fazer em Salvador

Está planejando ir para a Bahia e tem dúvidas sobre Salvador? Aqui vão algumas dicas que irá te convencer a visitar a cidade.

Lembre-se que o segredo para achar passagens com preços bons é sempre ficar de olho nas promoções, um bom planejamento é a base para uma viagem de sucesso. O nordeste é um destino cobiçado para muitas pessoas, principalmente em alta temporada as passagens podem subir. Se você deseja ir para Salvador em janeiro irá gastar em média, sem taxas, saindo de São Paulo R$ 630,00; saindo de Porto Alegre R$ 745,00 e do Rio de Janeiro R$ 350,00.

O que fazer em Salvador

Porém os gastos com passagens podem ser compensados com os de hospedagens. Há infinitas opções para todos os bolsos. Para os que desejam gastar pouco há hostel a partir de R$ 30,00 a diária por pessoa; para casais que desejam uma comodidade mais agradável há diárias variando entre R$ 110,000 em suítes mais simples à suítes por R$ 200,00 em local a beira da praia (preços de diárias cotados durante a semana em alta temporada). Fique de olho em pacotes oferecidos por agências de viagens ou sites, neles você poderá encontrar boa relação de custo X benefício incluindo passagens e hospedagem.

O que fazer em Salvador

Inclua em seu roteiro um tempo para mergulho na Baia de Todos os Santos que está repleta de corais, faça uma caminhada pela Orla da Barra, aprecie o Farol e se tiver um tempinho conheça o Museu Náutico que fica em seu interior. Aproveite para tomar um sorvete na tradicional Sorveteria da Ribeira, conheça a Igreja do Bom Fim e passe pela feira de São Joaquim ou pelo Mercado Modelo para comprar alguma lembrancinha; para os que gostam de parque aproveite para andar de bicicleta no Parque de Pitaçu.

O que fazer em Salvador

Para enriquecer mais sua experiência aproveite para conhecer um terreiro de Candomblé, no que diz respeito a culinária experimente sarapatel, moqueca, mariscada, caruru, rabada, acarajé e mocotó. Os boêmios podem conhecer o Bar Boemia localizado na Barra, há também o Twist Pub no Rio Vermelho e Hit Music e Pituba; locais como AABB, Grande Sertão e Empório Arvoredo são o destino certo para quem deseja apreciar um forró.

Conheça o Pelourinho a Igreja de São Francisco, Catedral Basílica, elevador Lacerda, Museu Afro e a casa de Jorge Amado. Visite o forte de Mont Serrat e também a Ponta do Humaitá que ficam na cidade Baixa. Se você gosta e se interessa por história, no centro histórico vale a pena a presença de um guia, ele irá explicar detalhadamente e ilustrar melhor tudo o que está diante dos seus olhos. Consulte onde ficar hospedado se indicam algum guia ou no centro histórico mesmo consegue encontrar alguns.

O que fazer em Salvador

Parada obrigatória é a Praia do Forte, lá é possível conhecer o Projeto Tamar que tem como objetivo cuidar e preservar tartarugas e mais espécies marinhas. Lá é possível conhecer várias espécies de tartarugas e até mesmo acompanhar a soltura dos filhos do ovo em caminho ao mar. Uma oportunidade maravilhosa e inesquecível, entre no site do projeto Tamar e programe sua visita.

O que fazer em Salvador

Vamos ao carnaval, carnaval na Bahia é muito cobiçado por vários viajantes. O carnaval de Salvador é dividido em circuito Batatinha ou Pelourinho, é ideal para os mais tranquilos, revive os carnavais antigos da cidade ao som das bandas carnavalescas nas praças. O circuito Dodô ou da Barra, é um circuito menor (cerca de 4km), começa no farol da Barra e segue pela orla terminando no bairro da Ondina. Por ser um percurso à beira mar e sem ladeiras muitas pessoas preferem optar por esse trajeto. Já o circuito Campo Grande é o mais antigo, passa por locais históricos como Praça Castro Alves, o elevador Lacerda e o Pelourinho. São cerca de sete quilômetros entre ladeiras cheias de foliões. Uma dica é comprar seu abadá o mais antecipadamente possível, os preços sobem rapidamente e chegam a preços exorbitantes. São mais de trinta blocos com diversos artistas, desde mundialmente famosos à artistas regionais. Blocos como da Ivete Sangalo, Chiclete com Banana e Banda Eva costumam esgotar rapidamente, faça sua escolha e garanta seu abadá para curtir o carnaval de Salvador. Malas prontas, protetor solar, não esqueça do Dorflex e pé na estrada; Salvador tem muito a oferecer para todos os tipos de viajantes.

.

Gostou da nossas dicas, compartilhe com os amigos!

Por: Letícia Batista
Escritora formada em História e apaixonada por viagens.

Encontrou algum erro? quer colaborar conosco contando alguma viagem que realizou?
Nos escreva, será um prazer ter você nos ajudando a melhorar cada vez mais!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: